Substituições na cozinha

A culinária vegana parece limitada aos olhos de quem não conhece, mas quem se aventura na cozinha sem crueldade animal abre um leque de possibilidades nunca imaginados antes. Confira abaixo um guia prático de substituições dos derivados animais por derivados vegetais.

Selecione um derivado animal

arrow&v
Carne de soja

Carne de soja

A mais conhecida delas é a proteína texturizada de soja (PTS) popularmente conhecida como carne de soja. Muito barata e facilmente encontrada em lojas de produtos naturais nos mais variados tamanhos e sabores: em formato de carne moída, de almôndegas, de bife, em tiras para strogonoff, na cor clara para carnes brancas, escura para carnes vermelhas e até com sabor bacon. Para dar sabor à pts existe uma gama muito grande de temperos como shoyo, limão, cebola, alho, pápricas, ervas etc.

Algas desidratadas

Algas desidratadas

Talvez a carne mais difícil de imitar seja a do peixe. Existem alguns truques para agradar quem curte o sabor marinho utilizando algas desidratadas (encontradas em lojas de produtos orientais). Você pode pegar de base algum alimento mais neutro como tofu ou palmito desfiado e triturar a alga misturando nesses ingredientes. Assim da pra fritar empanados e até fazer tortas ou lanches naturais.

Carne de glúten

Carne de glúten

Outro coringa na cozinha vegana para carnes vermelhas é o seitan, chamado também de carne de glúten. É a proteína do trigo concentrada que pode ser fatiada no formato que você quiser, simulando bifes, tiras para strogonoff etc. Pode ser feito com farinha de trigo lavada ou comprar direto a farinha de glúten pura. Os temperos utilizados são semelhantes aos da carne de soja, fica ao gosto de cada pessoa.

Leguminosas

Leguminosas

Falando da parte nutricional, carnes levam destaque por serem feitas de proteínas. Na cozinha vegana iremos encontrar os aminoácidos essenciais para formar a proteína no conjunto de dois grupos vegetais: leguminosas (feijão, grão de bico, lentilha, ervilha, soja) e cereais (arroz, aveia, trigo, milho). Boa parte desses vegetais já fazem parte da nossa alimentação e tem fácil acesso. A partir das leguminosas é possível elaborar receitas tradicionalmente feitas com carne como hambúrguer de grão de bico, almôndegas de lentilha etc.

Carne de jaca

Carne de jaca

Já a carne de jaca que ganhou fama e curiosidade de muitas pessoas é um substituto do frango para rechear coxinhas, lasanhas, escondidinhos, pizzas etc. Muitas pessoas se perguntam como a jaca que tem um gosto forte pode substituir um frango, mas é justamente na jaca verde que extraímos suas fibras ainda sem ter ganho seu sabor forte. Enquanto ainda não madurou, o miolo dessa fruta tem gosto neutro e pode ser temperado da mesma forma como é temperado um frango.

Industrializados

Industrializados

Fora as opções mais caseiras também existem as opções industrializadas. Para horas de praticidade é uma mão na roda, porém muitas dessas opções costumam ser mais caras que as tradicionais. Existem vários produtos imitando bifes, bolonhesa, medalhões, almôndegas, quibes, salsichas, linguiças, mortadelas, presuntos etc.