Sensível ao cuidado

Uma perspectiva ética ecofeminista

Autora: Daniele Rosendo
Cidade: São Paulo (SP)
Editora: Prismas
Ano: 2015
Páginas: 202

Descrição: Pioneiro, este livro de Daniela Rosendo, Sensível ao cuidado: uma perspectiva ética ecofeminista, introduz na literatura feminista brasileira a questão da opressão e do domínio masculino sobre a natureza e, consequentemente, sobre todos os seres vivos que, na concepção machista, possam ser, de algum modo, enquadrados como parte da natureza, plasmados e idênticos a ela. O conceito central de lógica da dominação marca a teoria ecofeminista de Warren. Tal lógica estrutura conceitual, moral, afetiva e sexualmente o mundo da vida, não importando se viva, nesse mundo, está uma fêmea animal, de outra espécie que não a humana, uma floresta, ou uma mulher. Para quem desenha em sua mente o traçado que hierarquiza os seres, separando-os em fortes - dominantes, ativos, de um lado; e os contrapõe e sobrepõe aos fracos - dominados e passivos, de outro, tudo o que vive entra nessa moldura e, se cair na segunda categoria, pode ser dominado (manejado) para atender aos propósitos do dominador, não importa se é fêmea, mulher ou natureza. Daniela Rosendo desdobra as pregas morais dessa lógica da dominação, investigando com rigor a argumentação de Karen J. Warren. Este livro introduz no Brasil a questão ética feminista sem dicotomizar os conceitos que lhe são fundamentais, sem separar os princípios que devem reger a ética destinada a ordenar as interações entre os homens e mulheres, daqueles que devem reger as interações entre os seres humanos com os ecossistemas naturais e com os indivíduos das demais espécies animais.

Capas (clique para ampliar)

1/1

2020 - ONG Maringá Vegano 

CNPJ 27.018.695/0001-95

  • instagram
  • facebook
  • twitter
  • whatsapp

Atenção! Horários de funcionamento ou serviços podem estar diferentes devido aos decretos do COVID-19.