Todo ser vivo é capaz de sentir?

Muito se discute sobre outras espécies terem a capacidade de ter sentimentos ou dores, capacidade esta que chamamos de senciência. Curiosamente os defensores de uma dieta a base de carne animal não se decidem se animais e plantas não sentem e não são conscientes (para justificar a dominância e diminuir a culpa) ou se ambos sentem (para justificar que comer vegetais causa o mesmo dano que comer animais).

Mas o que será que a ciência tem a nos dizer? Temos duas certezas: 1) a dor é um estímulo causado por células nervosas sensoriais que transmitem informações para autodefesa do corpo; 2) apenas espécies pertencentes ao reino animal possuem sistema nervoso.

Diversos blogs antiveganos tem propagado estudos de forma distorcida pela internet nos últimos anos afirmando que plantas sentem dor. Porém quando se busca o artigo original dos estudos nenhum deles afirma tal coisa. O que a ciência comprova é que as plantas possuem sim mecanismos de defesa, porém de forma diferente dos animais. Não faria sentido a evolução natural das espécies desenvolver dor em seres estacionários que não fogem de seus predadores, por isso as plantas desenvolveram outras defesas químicas e isso não as tornam conscientes da reação como os animais sentindo dores.

O que os neurocientistas buscam atualmente é qual o nível de consciência presente nas espécies animais. Como vimos no artigo "A declaração da consciência animal" (disponível em nossas redes sociais ou em nosso site), já sabemos que boa parte das espécies animais (principalmente os que são explorados e mortos para consumo humano) são seres sencientes e conscientes. Não é apenas instinto e sim consciência da sua própria dor.

Portanto plantas não sentem dor, animais sim.

Luiz Paulo Sacoman Almeida

Luiz Paulo Sacoman Almeida

Vegano desde 2009 e ativista desde 2012. Formado em Geografia pela UEM e atua como professor, porém já trabalhou vendendo marmitas veganas em Maringá.